Arquivo de Notícias

Incêndios Florestais – Declaração de Prejuízos / Outubro 2017

Sr. Apicultor,

Para efeitos de candidatura ao apoio à reconstituição ou reposição do potencial produtivo das explorações apícolas danificadas em enquadramento no PDR2020  – “Operação 6.2.2 – Restabelecimento do Potencial Produtivo” é necessária a submissão do Formulário de Declaração de Prejuízos​, disponibilizado nos seguintes links, pelas DRAP do Norte, Centro e Lisboa e Vale do Tejo:

 

Mais se informa que “as despesas são elegíveis após a apresentação da candidatura e estão sujeitas à verificação e validação no local, pelas Direções Regionais de Agricultura e Pescas territorialmente competentes, dos prejuízos declarados pelos beneficiários.”

 

A Declaração de Prejuízos é portanto obrigatória para a submissão posterior de candidaturas à Medida 6.2.2. Restabelecimento do Potencial Produtivo do PDR2020, que o poderá auxiliar na recuperação e capacitação da sua exploração, nos meios necessários à continuidade da atividade.

 

Aproveitamos para informar todos os apicultores que devem dirigir-se à organização que os representa no sentido de reportarem todos os prejuízos provocados pelos incêndios florestais, bem como devem atualizar a Declaração de Existências, sendo que nestes casos deve ser explicitado o motivo da declaração de alterações como “morte por incêndio”.

Apresentação do XVIII Fórum Nacional de Apicultura – dia 19 de julho em Vila Pouca de Aguiar

Vila Pouca de Aguiar, recebe de 7 a 10 de setembro, o XVIII Fórum Nacional de Apicultura e a XVI Feira Nacional do Mel, o maior evento nacional do sector apícola, que este ano conta ainda com uma Mostra de Inovação.

Estes eventos são organizados pela FNAP, em parceria com as suas filiadas no Alto Tâmega, a AGUIARFLORESTA, a MONTIMEL e a CAPOLIB, pela Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega e os municípios que a integram, com especial destaque para a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar.

A organização convida todos os apicultores e demais interessados na atividade apícola para a sessão de apresentação do evento, que decorrerá no dia 19 de julho no Auditório do Palacete Silva em Vila Pouca de Aguiar, cujo programa é o seguinte:

  • 19h30 – Comunicação do Prof. Miguel Vilas Boas – “Apicultura: Oportunidades e Desafios”
  • 20h00 – Apresentação do XVIII Fórum Nacional de Apicultura, da XVI Feira Nacional do Mel e da Mostra de Inovação Apícola
  • 20h30 – Confraternização com degustação de produtos

Brevemente será disponibilizado o Programa de ambos os eventos, bem como toda a informação necessária para a participação em ambos os eventos. Para tal consulte o portal da FNAP.

 

 

SEMINÁRIO “APICULTURA, AGRICULTURA E BIODIVERSIDADE”

Integrado na Feira Nacional da Agricultura 2017, este ano dedicada à produção de cereais, a FNAP organiza o Seminário “Apicultura, Agricultura e Biodiversidade“. Este evento é gratuito e encontra-se integrado no Programa da FNA 2017, decorrendo no dia 16 de junho, sexta-feira, na Sala Scalabis do CNEMA, a partir das 14h30.

Pretende-se discutir e melhor conhecer a forma como interagem as abelhas com as outras atividades agrícolas e florestais e quais as consequências ambientais e económicas para a apicultura e para a produção de mel, mas também para a produção agrícola nacional, decorrentes desse convívio.

Do programa constam 4 apresentações todas de grande interesse: João Coimbra, agricultor, produtor de cereais de regadio e dirigente associativo, dará a conhecer um projeto em desenvolvimento na sua exploração, onde são postas em prática e estudadas várias soluções que procuram mitigar eventuais impactos ambientais decorrentes da prática agrícola, monitorizando-se há mais de 5 anos as populações de abelhas, de aves e de outra fauna, como batráquios. Cristina Amaro da Costa, investigadora da Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viseu apresentará o projeto de Grupo Operacional  “PP4B – Impacto dos pesticidas nas Abelhas e na Apicultura” de que é coordenadora, e com o qual se pretende avaliar o risco de mortalidade de abelhas por aplicação de produtos fitofarmacêuticos em sistemas agrícolas de Portugal. Henrique Pereira, investigador do Departamento de Ecologia da Universidade de Coimbra, onde coordena diversos projetos de monitorização de polinizadores em espaços florestais e agrícolas. Catarina Reis e Teresa Sezinando da ANIPLA, parceira da FNAP no Centro de Competências da Apicultura e da Biodiversidade, trazem a visão desta organização associativaacerca da proteção de plantas e a biodiversidade.

O dia de trabalho termina com a entrega de prémios do Concurso Nacional de Mel 2017.

 

A entrada é gratuita, mas a inscrição obrigatória. Obtenha aqui a ficha de inscrição.