Projeto ApiSIG – Questionário aos Apicultores

Sr. Apicultor,

No âmbito do projeto ApiSIG – Modelação espacial do potencial de exploração apícola utilizando sistemas de informação geográfica (Medida 6 do PAN 2014-2016), coordenado pela Prof. Ofélia Anjos do Escola Superior Agrária de Castelo Branco em parceria com a FNAP, está a ser executado um inquérito com o objetivo de saber opinião dos apicultores acerca do grau de importância de alguns elementos relacionados com a prática apícola.

Assim, solicitamos algum do seu tempo de modo a responder ao inquérito, o que pode ser feito on-line, através do seguinte link (apenas funciona no browser Google Chrome): ApiSIG – Inquérito aos Apicultores

A sua opinião é importante para nós, e as suas respostas são completamente confidenciais.

Todas as informações sobre o projeto na página ApiSIG no site da FNAP.

Dia das Abelhas – 10 000 anos de mel | 19 março, na Fundação Gulbenkian

No próximo dia 19 de março, a Fundação Calouste Gulbenkian organiza, no âmbito da iniciativa “O Descobrir – Programa Gulbenkian Educação para a Cultura e Ciência, um dia especial dedicado às Abelhas.

DIADASABELHAS_ECARD

Nesse dia, das 10h00 às 19h00 o programa prevê visitas, oficinas, contos, conversas com Nicolau da Costa e a projecão do documentário Rainha do Sol, o que é que as abelhas nos estão a dizer.

Consulte o programa no site da Fundação Calouste Gulbenkian.

ONU alerta para a necessidade de proteger abelhas

A principal conclusão da primeira avaliação global de polinizadores conduzida pelo IPBES, uma plataforma intergovernamental da ONU, é que cada vez mais espécies de insetos polinizadores estão ameaçadas de extinção, o que se deve a diversas causas, muitas delas provocadas pela ação do Homem. Este facto ameaça a subsistência de grande parte da população humana, e conduz a perdas significativas em setores de atividade como a agricultura e a agroindústria.

Este estudo de dois anos, recentemente divulgado pelo IPBES, aponta um conjunto de medidas ara proteção das populações de insetos polinizadores, que considera eficazes.

O estudo, intitulado “Thematic Assessment of Pollinators, Pollination and Food Production” foi o primeiro produzido pelo IPBES, é constitui um esforço inovador no sentido da melhor compreensão e gestão de um elemento crítico do ecossistema global, os polinizadores.

Veja a press-release do IPBES.

Veja a notícia do Expresso sobre este assunto.

 

O QUE É O IPBES

O IPBES (Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Ecossistemas) da é uma entidade intergovernamental que avalia a o estado da biodiversidade e dos serviços do ecossistema, procurando auxiliar a tomada de decisão por parte dos agentes políticos. Trata-se de uma instituição criada sob os auspícios de quatro agências da ONU: a FAO, UNESCO, UNDP e UNEP sendo administrada por esta última. Atualmente recebe o contributo de mais de mil investigadores de todo o mundo, os quais contribuem de forma voluntária com o IPBES.